01e088ca-f01e-4d1a-b29c-6cdc726cad1d

Cinco das 10 mortes foram registradas na BR-135, em Entroncamento (Foto: Divulgação/PRF)

Dez pessoas morreram nas estradas federais do Maranhão em três dias de Operação Carnaval, conforme informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta segunda-feira (27). O total de mortes registradas até agora, segundo a PRF, já é 42,85% superior ao de todo o carnaval de 2016. No ano passado, foram sete mortes nas rodovias federais do estado.

O balanço parcial da PRF aponta também que até agora doze pessoas ficaram feridas nos 16 acidentes registrados nas rodovias federais do estado, desde que a operação começou à 0h de sexta-feira (24). A contagem foi realizada até as 23h59 deste domingo (26). A Operação Carnaval segue até as 23h59 de quarta (1º). O balanço final será divulgado pela PRF na quinta-feira (2).

A PRF relatou que, entre as causas dos acidentes com mortes registrados na Operação Carnaval, estão ultrapassagem indevida, desatenção e excesso de velocidade.

Acidentes

Cinco das 10 mortes foram registradas em um acidente. O primeiro acidente com óbito foi registrado na BR-316, em Timon, no leste do estado, na sexta-feira (24). Um homem foi atropelado por um carro de passeio e morreu no local. A vítima foi identificada como Claudio Roberto Sousa Silva, 43 anos.

O segundo acidente com morte foi na BR-135, em Entroncamento, a 103 km da capital maranhense, no começo da tarde de sábado (25). Cinco pessoas morreram após o carro de passeio ter colidido frontalmente com um caminhão.

As vitimas foram identificadas como Ítalo da Silva Oliveira, de 23 anos; José Ilaryo Carvalho Costa e Silva de Queiroz, de 21 anos; Gabriel Henrique Sousa Pereira, de 21 anos; Kalline da Silva Oliveira, de 17 anos; Tamires Lima Machado, de 25 anos.

No domingo (26) três pessoas morreram em acidentes ocorridos na BR-316. No km 549 da estrada, em Caxias, Flávio dos Santos Damasceno, de 27 anos, caiu da motocicleta e morreu. Já  no km 247, em Junco do Maranhão, duas motos colidiram frontalmente causando a morte de Antonio Wesler Bessa do Espírito Santo, de 29 anos, e Charlyston Patrick Costa Silva, de 24 anos; na BR-010, em Imperatriz, dois carros colidiram frontalmente causando a morte de Clodomir Pereira Gomes, um dos condutores.


IMG_4070

Praça do Viva Lotada, na Matinê das Crianças

O carnaval 2017 em Zé Doca tem sido marcado pela inclusão social e também pela valorização da “prata da casa” que somado as grandes bandas que passam pelo circuito tem feito da folia momesca zedoquense uma das melhores da região. A prefeitura realizou o carnaval dos idosos que foi um sucesso e também a folia do CAPS com um grande arrastão nos bairros da cidade com direito a trio elétrico, assistente social, enfermeiros e toda equipe de apoio. 

Na tarde de ontem (27), aconteceu um momento inédito no carnaval de Zé Doca. Pela primeira vez a prefeitura realizou um grande carnaval para as crianças que deixou a Praça do Viva completamente lotada de baixinhos e baixinhas. Estimativas dão conta que cerca de 10 mil crianças prestigiaram a folia que ainda teve distribuição de pipocas e algodão doce, brinquedos pula pula e atrações musicais com a Turma da Alegria que trouxe a Frozen, Galinha Pintadinha, Pepa Pig e Game Ber. A criançada se divertiu a tarde inteira em um momento que entrou para a história de Zé Doca. A prefeita Josinha que fez questão de prestigiar o momento destacou a importância de se realizar um carnaval para as famílias, onde todas as classes sociais tem vez. “Estou muito feliz em proporcionar esse momento para as nossas crianças, o nosso primeiro carnaval está sendo marcado pela inclusão de todos que é a marca do nosso governo.”

IMG_4007 IMG_4015 IMG_4034


salario (1)Os servidores públicos do município de Araguana vão receber o salário de fevereiro dentro do mês trabalhado nesta sexta-feira (24). A boa notícia é que amanhã o dinheiro ja esta disponível para saques e antes do Carnaval. Mesmo num cenário econômico desfavorável no qual municípios do país inteiro registram queda de receitas e o mercado financeiro, o prefeito Valmir Amorim mantem o compromisso de pagar a folha salarial em dias.

“Com o pagamento antecipado e em dias os servidores conseguem se planejar financeiramente mais uma conquista com muito esforço da nossa gestão e o pagamento dos servidores públicos municipais é prioridade da nossa administração…”  Afirmou Valmir Amorim.

A antecipação também exigiu um esforço extra das equipes de Recursos Humanos e Finanças da Prefeitura a fim de concluir o processamento da folha num mês tradicionalmente mais curto.


escola_foto

Gás se espalhou atingindo 14 estudantes, conforme a coordenação da escola. Uma das crianças chegou a ser encaminhada para a UTI do Socorrão.

Estudantes da Escola Municipal Moreira Neto, situada no povoado Lagoa Verde, na zona rural de Imperatriz, foram intoxicados por spray de pimenta. Uma adolescente de 13 anos de idade teria aplicado o spray em duas colegas, mas o gás se espalhou atingindo 14 estudantes, de acordo com a coordenação da escola.

A coordenação não quis gravar entrevista, mas revelou que quando o gás se espalhou entre os estudantes eles apresentaram tosse, irritação nos olhos e falta de ar.

A comerciante Rosa Leão, que mora em frente à escola, conta que houve muita gritaria e até a presença da polícia. “Eu só vi a gritaria e depois eu vi a ambulância chegando. Eu vi os meninos saindo sendo levados pelas professoras”.

A direção da escola informa que a adolescente trouxe o spray de casa e que o produto pertencia ao irmão dela, que é policial militar. A menina disse ainda à coordenação que pegou o spray escondida.

A atitude violenta da adolescente dentro do ambiente escolar chocou a também comerciante Aldenora Carneiro. “Eu já estou aqui há 15 anos e eu nunca tinha ouvido falar isto. Para mim foi uma surpresa porque foi muita gente, muitos alunos envolvidos. Eu sou mãe de dois filhos e eu nunca tinha visto isso”, disse.

Por causa da forte exposição ao spray de pimenta, uma das crianças que tem problemas respiratórios chegou a ser encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Socorrão, mas já recebeu alta e está em observação em sua residência.

Devido ao incidente, as aulas foram suspensas durante o período da manhã, tarde e noite na Escola Municipal Moreira Neto.


Clodoaldo-sendo-abordado-pela-polícia-fonte-770x410

Momento da prisão de Clodoaldo Alves – Foto: redes sociais

O Ministério Público solicitou uma nova perícia no caso da bancária Elizelda Vieira de Paula Alves (29 anos), que foi morta com um tiro na cabeça pelo seu ex-marido, Clodoaldo da Silva Alves (26 anos), no final do ano passado. Segundo o promotor de Justiça Carlos Róstão a reconstituição do crime, que é conhecida tecnicamente com reprodução simulada, foi solicitada porque o réu afirma que o disparo que atingiu a vítima foi acidental, contestando a alegação do MP que diz que o tiro foi intencional.

Para que não houvesse dúvidas durante um possível julgamento, o Ministério Público resolveu dar à Clodoaldo a chance de demonstrar na reconstituição como o crime ocorreu. Como não há dúvidas quanto à causa da morte de Elizelda, o promotor afirma que não há necessidade de exumação do corpo.

“O que nos motivou a pedir reprodução simulada, é que o Ministério Público funciona também como fiscal da lei. E durante o inquérito policial, em depoimento à polícia, o acusado disse que não atirou na vítima. Ele afirma que foi tomar a arma de Elizelda e a arma disparou, no entanto o Ministério Público não acredita nessa versão. Por isso, resolvemos dar ao acusado a chance de se explicar,” explica o promotor.

A reprodução simulada consiste na reconstituição da cena do crime e dos passos em que este se deu, a fim de trazer a tona detalhes que passaram despercebidos durante a primeira avaliação do caso e que podem trazer vantagens a uma das partes durante o julgamento. Contudo, o promotor ressalta que o acusado tem o direito de participar da reconstituição, mas não é obrigado a fazê-lo se entender que produzirá provas contra si.

Feminicídio

Conforme o inquérito policial, o crime foi classificado como doloso, isto é, quando há intenção de matar, com dois agravantes, um deles o fato de caracterizar feminicídio. Pela lei nº 13 104 do Código Penal Brasileiro, o feminicídio é uma das modalidades de homicídio qualificado e consiste em assassinato especificamente pela vítima ser mulher.

Segundo o dossiê Violência Contra as Mulheres, produzido no Senado Federal pela Comissão Parlamentar Mista sobre a violência contra a mulher, as principais motivações para o feminicídio são o ódio, o desprezo, o sentimento de posse ou da perda do controle sobre a mulher. Ainda conforme esse relatório, a maior parte desses casos está associado a alguém próximo à vítima.

 Entenda o caso:

Na manhã do dia 26 de dezembro do ano passado, a bancária Elizelda Vieira foi morta a tiros em um hotel da cidade de Imperatriz. O Acusado pelo homicídio é o seu ex-marido Clodoaldo Alves.

De acordo com o delegado regional de Imperatriz Eduardo Galvão, que foi responsável pelas investigações preliminares, Elizelda esteve na recepção do hotel e pediu para falar com o marido, de quem já estava separada há alguns dias, e subiu até o quarto dele.

Minutos depois os funcionários afirmam ter ouvido um estampido, mas no primeiro momento não acreditaram que fosse um disparo de arma de fogo. Em seguida, o suspeito desceu aparentando tranquilidade, foi até a recepção e deixou o local sem esboçar reação que o denunciasse.

“Ele desceu muito tranquilo até a recepção, informou ao pessoal que ela (ex-mulher) estava quebrando tudo no quarto. Eles (funcionários) subiram às pressas e quando chegaram ao local a encontraram ainda arquejando, ainda com vida. Acionaram a polícia e o SAMU, mas, quando o socorro chegou, ela já havia entrado em óbito” afirmou o delegado.

Ainda de acordo com as investigações, a vítima teria denunciado o ex-marido por tê-la ameaçado com uma arma. Contudo, não chegou a registrar queixa contra Clodoaldo. Apesar disso, o fato ajudou a polícia a identificar o suspeito. A polícia também acredita que uma discussão tenha levado ao crime passional. Elizelda deixou dois filhos pequenos.


suspeito-ana-clara-770x410

Suspeito morreu em confronto com a polícia, nessa quarta-feira (22).

Um homem maranhense, suspeito de ter matado uma menina de sete anos, em Goiânia (GO), morreu em confronto com a polícia. A menina Ana Clara Pires Camargo havia desaparecido na última sexta-feira (17), provocando mobilização em todo o Brasil. O corpo da criança foi achado ontem (22), em um matagal na rodovia GO-462.

 O suspeito, identificado como Luis Carlos Costa Gonçalves, de 35 anos, era vendedor autônomo, natural do município de Presidente Dutra, no Maranhão. O maranhense se tornou principal suspeito depois de ser interrogado por policiais, que afirmaram que ele apresentava intenso nervosismo. Registros de câmeras de segurança também ajudaram na investigação.

 De acordo com a polícia local que investiga o caso, Luis era um pedófilo e podia ter envolvimento em outros crimes. As investigações mostraram que ele tinha o costume de distribuir balinhas para crianças na porta de escolas de Goiânia e que foi atrás da vítima para abusar sexualmente dela. Ainda não há confirmação pericial se a menina sofreu algum tipo de abuso.

“Ele não soube explicar direito o que fazia no bairro no dia do crime, disse o percurso que fez e coincidia com o da vítima”, disse o delegado Valdemir Pereira.

 CASO

 Ana Clara Camargo, a vítima de apenas sete anos, havia saído para comprar refrigerante. Ela foi vista conversando com uma pessoa num carro prata. Depois, a menina voltou para casa e almoçou. Em seguida, saiu para entregar dinheiro a uma vizinha, mas não entregou e não retornou para casa. Segundo o Instituto Médico Legal (IML), a morte pode ter sido causada por traumatismo craniano.

 A placa do carro abandonado apontou o endereço do suspeito, um imóvel onde havia um anúncio de aluguel. A assessoria da Polícia Civil informou que Luis foi ouvido na terça-feira (21). Nenhuma prova de envolvimento no crime foi encontrada.

 A namorada de Luis afirmou que recebia ameaças. Após informações prestadas por ela, a polícia localizou o suspeito, que morreu em confronto com policiais.

 Velório

O corpo de Ana Clara foi velado na Escola Municipal Orlando de Moraes, onde ela estudava, em Goiânia, às 23h20. Centenas de pessoas, entre parentes e amigos, passaram pelo local para se despedir da menina.


depSegundo o deputado há sete dias que os moradores daquela cidade estão isolados, visto que o único acesso que tem é a MA-307 que está em estado crítico. Ele afirmou que os moradores somente têm  acesso por uma estrada vicinal, o que aumenta cerca de 10 km o percurso. “Essa MA está trazendo grande desconforto ao povo guilhermense, por isso, peço à Secretaria de Estado da Infraestrutura que ajude as prefeituras a manterem a estrada vicinal, porque é o único acesso que os veículos têm para sair ou entrar com mercadorias na cidade”, acentuou Josimar de Maranhãozinho.

Ainda de acordo com o deputado, a construtora que está construindo a ponte naquela estrada garantiu a ele e aos vereadores que em três meses os serviços estariam concluídos mas já se passaram seis meses, e a obra ainda não ficou pronta. Ele lembrou ainda que no ano passado esteve com  o secretário Clayton Noleto onde foi marcada uma visita in loco para o dia 16 de dezembro, mas esta não ocorreu. Apenas lhe informaram que que seria feita uma ponte de trilho e que esta suportaria as enchentes do Rio Maracaçumé. Ocorre que, até o momento, o povo guilhermense está aguardando pela conclusão daquela obra.

“Eu, na postura de homem público, não posso deixar de esclarecer o meu trabalho e a minha dedicação para solucionar este problema. Eu, particularmente, tenho um compromisso com o povo do Maranhão; tenho compromisso com os quase cem mil votos que tive e onde mais da metade foi naquela região. A Prefeita Detinha, por oito anos, fez muito por aquela cidade. Ela entregou uma infraestrutura de qualidade mas, infelizmente, o Centro do Guilherme não tem tido sorte com as obras públicas do estado: foram iniciadas as construções de um colégio de ensino médio e um hospital, mas as obras estão paralisadas”, afirmou o deputado.

 Desvio

 De acordo com Josimar de Maranhãozinho o desvio que está sendo feito na MA-307 é de madeira e, segundo ele, talvez não suporte, sequer,  o peso de uma moto.  Por isso, pediu o apoio da Secretaria de Infraestrutura para que pressione as empresas que ganham licitações para fazerem os serviços a contento para dar condições para o povo ter o direito de ir e vir.


WhatsApp Image 2017-02-22 at 09.05.18A Prefeitura de Araguanã realizou na manhã desta terça – feira (22) a ação ao  Combate do mosquito Aedes Aegpyti “ O Combate não pode parar, vamos juntos agir contra a Dengue, Zica e Chikungunya”  uma ação integrada entre as secretarias municipais para desenvolver atividades combinadas de limpeza pública, manutenção urbana para retirada de itens e recipientes que possam acumular água e servir de criadouros para o mosquito Aedes aegypti.

O objetivo principal desta primeira ação é estimular a adesão da comunidade Araguanense na manutenção de uma cidade limpa, colaborando assim com a limpeza urbana, distribuição de materiais educativos sobre saúde e sobre como evitar a formação de novos criadouros, corte de mato, limpeza de áreas públicas e ainda a triagem de materiais recicláveis que se constituem potenciais para a reprodução do mosquito transmissor dos vírus da Dengue, Zica, Febre Amarela e Chikungunya.

Os trabalhos  de prevenção serão intensificados e a colaboração da população nesse processo é fundamental, é importante que todos colaborem eliminando de suas casas todos os materiais que possam acumular água da chuva, se tornando um criadouro do mosquito.

WhatsApp Image 2017-02-22 at 09.05.19 WhatsApp Image 2017-02-22 at 09.05.20 (1)


images

( Foto reprodução )

A recém-nascida encontrada em caixa de papelão por moradora do bairro Janaina faleceu na tarde desta terça-feira (21) na UTI neonatal da Unidade Materno Infantil, unidade do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Ela foi transferida do Hospital da Criança, de onde chegou  em estado gravíssimo. Mesmo com todas as manobras para a reanimação, a recém-nascida, provavelmente prematura, não resistiu e faleceu. Ainda não há pistas sobre os responsáveis da criança.

A menina foi encontrada por volta das seis e meia da manhã, na porta da casa de uma senhora, no bairro Janaína, periferia de são Luís.

Ela não quis ser identificada, mas contou que encontrou o bebê por volta das seis e meia manhã dentro de uma caixa de papelão. Primeiro ela pensou que fosse um gato, mas quando abriu a caixa e percebeu que era um bebê, ficou desesperada e junto com o marido e vizinhos, chamou a polícia.

O bebê foi levado para o hospital da criança enquanto o conselho tutelar tentava conseguir uma vaga na UTI de outro hospital. A menina ainda estava com o cordão umbilical e aparentava ser prematura.


ARTE OUTDOOR GERAL

Em Zé Doca Carnaval com o povo é só Alegria

Foi divulgada a programação oficial do carnaval de Zé Doca. Em 2017, a prefeitura vai oferecer varias atrações locais e nacionais em 4 dias de folia, começando no sábado dia (25) com o arrastão do maior bloco da região “ Juntos e sem preconceito” que terá sua concentração na Churrascaria Tradição a partir das 16h com a banda Axé Verão e dois trios elétricos fazendo a alegria geral da galera, depois do arrastão a festa continua para a abertura oficial do carnaval na praça do viva com a Banda Beijo de Menina, Arrocha Play, Fredson Chacal, Banda Líbanos e Banda Joana Darc da Bahia encerrando a primeira noite da folia momesma no município.

São varias atrações  em 4 dias de festa e no domingo dia 26 tem Matinê com o Forró Tô Solteiro Matinê a partir das 17h, em seguida Farra das Novinhas, Gilvan Nascimento, Mara Pavanelly e Pegadões do Forró

Na Segunda Feira ( 27) a Folia começa cedo com “ Carnaval da Criançada” com a turma da alegria (Galinha Pintadinha, Pêpa, Frozem, Gamme Ber, a partir das 16h. A noite Nego Ló se apresenta e em seguida Loirão do Arrocha, Chicão dos Teclados, Tom e Daço e Banda Amor Bandido.

E pra fazer o encerramento do melhor carnaval da região na terça feira de momo ( 28) tem Matinê com Banda Paquera as 17h, e a noite Forró do Gueto, Balada Quente, Forró sem Limite e Romim Mata.

Junte sua turma e participe do Carnaval de Zé Doca 2017 “ Com o povo é só Alegria”


IML-770x410

O caso será investigado pela SHPP

Rosiane Rodrigues da Costa, 40 anos, morreu depois de uma discussão generalizada na Praia de Panaquatira. De acordo com informações, a vítima estava na companhia do seu namorado em um bar. Em seguida, já alcoolizada, Rosiane decidiu ir à praia.

Chegando no local por volta das 22h, a vítima se deparou com outro casal, dando início a discussão. O homem com quem Rosiane discutia foi identificado como apenas como “Paraíba”, que segundo testemunhas, havia sido insultado por Rosiane como “corno”.

O namorado da vítima decidiu ir embora, mas ela não aceitou. Minutos depois, “Paraíba” seguiu a vítima em seu veículo, quando desceu e agrediu a mulher.

Não demorou muito, e o homem retornou, dessa vez, atropelando a vítima – que morreu no local.

Não há informações sobre o paradeiro do homem que praticou o crime.


foto_jumento

Animal morreu no domingo (19) por conta da gravidade dos ferimentos

Um motorista, ainda não identificado, cometeu no domingo (19) em Santa Inês, um ato de agressão contra um jumento.

Segundo informações da Polícia Civil, o agressor do animal estava se deslocando no sentido da cidade de Pindaré Mirim para Santa Inês quando ao avistar o jumento parou o veículo e sem qualquer motivo aparente disparou, pelo menos, dois tiros contra o jumento que estava às margens de uma das principais avenidas de Santa Inês.

Os disparos atingiram o animal na barriga. Ele ainda ficou de pé por algumas horas, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e acabou morrendo.

A Polícia Civil está apurando o caso que repercutiu em toda a cidade e revoltou a população. Após o ato de crueldade, uma campanha foi criada nas redes sociais para tentar identificar o autor dos tiros.

G1MA